28 janeiro 2011

Meu medo.

Algo em você me intriga
A maneira como conversa e tenta se expressar, assustam-me
Prefiro observar-te de longe, analisando cada ação vinda de você
Então descubro seus segredos mais escondidos.
Você é misterioso
Seria normal, se não fosse comigo
Mas estou percebendo e acho que o que me intriga de verdade
É você mesmo.

Pena que é tarde, preciso partir
Guardei por ti, as minhas mais sinceras palavras.
Se eu pudesse, voltaria no tempo e não deixaria isso acontecer...


Tudo que posso dizer hoje, é um eterno clichê
Não deixe pra depois, não comece adiando coisas simples. Faça, sem medo.
O arrependimento é uma dor tardia, sem remédios. Dói, apenas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário